Alunos ocupam CEFET em Curvelo contra a PEC 55

Cerca de 90 alunos do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) decidiram ocupar o campus Curvelo, em protesto contra a PEC 55 (antiga PEC 241). O movimento começou nesta segunda-feira, dia 7, e só deve terminar após a votação da PEC no Senado Federal.

 

A ocupação foi definida em votação, onde todos os alunos puderam participar. O Grêmio Estudantil do CEFET-MG Unidade Curvelo, que representa os alunos da EPTNM (Educação Profissional Tecnológica de Nível Médio), e o Diretório Acadêmico do Curso de Graduação em Engenharia Civil realizaram, no final do mês de outubro, debates sobre os temas da PEC 55 e sobre as ocupações.

 

Ao término desse processo foram realizadas votações entre os estudantes de ambos os níveis de ensino e foi aprovada, por 55% dos votos, a ocupação dessa Unidade do CEFET-MG pelos estudantes.

 

Organizadores da ocupação afirmaram, em entrevista a Rádio CentroMinas, que a entrada de alunos, professores e demais funcionários do CEFET está ocorrendo normalmente. Além disso, foi criado um estatuto para a ocupação estabelecendo regras a serem seguidas visando a segurança dos alunos e o cumprimento de leis como o Estatuto da Criança e do Adolescente.

 

Em nota publicada no site do CEFET-MG, a direção da Unidade Curvelo divulgou que “está trabalhando no sentido de promover a mediação para viabilizar o diálogo como todos”. Em outra nota, a diretoria geral da instituição disse que o calendário escolar da Unidade deverá ser suspenso para a Educação Profissional e Tecnológica e para a Graduação.
A suspensão do calendário visa assegurar a reposição das aulas, que deverão ser retomadas imediatamente após o encerramento do movimento de ocupação, de modo que não haja reflexos no calendário escolar do ano de 2017.

Compartilhe esta notícia nas suas redes sociais!
error: Atenção! Os textos, fotos, artes e vídeos do Mais Completo estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em quaisquer outros veículos de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. Sinta-se a vontade para compartilhar nossos conteúdos em suas redes sociais!