Vereador Gustavo Nascimento é empossado ouvidor da Câmara de Curvelo

A Câmara Municipal de Curvelo realizou na última quinta-feira, dia 16, a reunião solene de instalação da Ouvidoria Parlamentar. O vereador e secretário da Mesa Diretora, Gustavo Nascimento (PP), foi nomeado o primeiro ouvidor geral de Curvelo, acompanhado do vereador Pastor Julimar (PROS) como ouvidor substituto.

 

Acompanhado do prefeito Maurílio Guimarães (DEM), do conselheiro corregedor do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, Dr. José Alves Viana, do vereador vice-presidente da Câmara, Humberto Freire (DEM), e do vereador secretário, Gustavo Nascimento (PP), o vereador presidente da Câmara, Geraldo Veterinário (PDT), realizou o descerramento da placa alusiva à criação da ouvidoria.

 

O vereador Geraldo Veterinário falou sobre a importância da instalação deste órgão no município. “A criação da ouvidoria parlamentar é fruto de um projeto, de iniciativa da Mesa Diretora, aprovado por unanimidade pelos vereadores. É um órgão de interlocução entre o Poder Legislativo e a sociedade. Um canal aberto para recebimento de solicitações, reclamações e sugestões relacionadas à Câmara Municipal de Curvelo”, destacou.

 

O vereador falou ainda que existe a previsão para criação da Ouvidoria Itinerante para atuação inclusive nos distritos. Segundo ele a ouvidoria é um órgão independente e autônomo e que poderá ser utilizada pelos cidadãos e pessoas jurídicas.

 

Em seu discurso, o vereador Gustavo Nascimento ressaltou a importância de ocupa essa função. “É com muito prazer que estou designado para esta função que é de grande responsabilidade. Ouvir os cidadãos e repassar todas as demandas para eles em forma de resposta não é uma tarefa muito fácil. Então, neste dia em que comemoramos o Dia Nacional do Ouvidor, Curvelo e todos os cidadãos são agraciados com este órgão”, afirmou.

 

O vereador disse ainda que a ouvidoria servirá para estreitar o relacionamento e aproximar a população. “A Câmara e seus vereadores criam mais um vínculo com os cidadãos de Curvelo. Não somente pelo voto durante as eleições, mas através de um instrumento democrático de controle e avaliação que permitirá acompanhar, sugerir e comentar a atuação política de quem ele elegeu. Além de avaliar o funcionamento desta instituição que se julga a casa do povo”, concluiu.

 

Fotos: Reprodução/Facebook Vereador Humberto Freire

Compartilhe esta notícia nas suas redes sociais!
error: Atenção! Os textos, fotos, artes e vídeos do Mais Completo estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em quaisquer outros veículos de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. Sinta-se a vontade para compartilhar nossos conteúdos em suas redes sociais!