Vereadores questionam idade da frota de ônibus da Viação Sertaneja em Curvelo

O alto índice de reclamações relacionadas ao transporte público motivou os vereadores a questionarem a idade da frota de ônibus da Viação Sertaneja em Curvelo. O Pedido de Informação 598/17, de autoria do vereador Luiz Paulo Guimarães (DEM), foi aprovado por todos os vereadores durante a reunião plenária desta segunda-feira, dia 13.

 

No pedido, é solicitado também que a empresa informe o número total de veículos utilizados no transporte público e a quantidade de ônibus disponíveis em cada linha.

 

O vereador Luiz Paulo Guimarães justifica que a solicitação tem por objetivo conhecer melhor o transporte público em Curvelo, visando à proposição de mudanças e alternativas para uma melhor prestação de serviços a população, uma vez que a empresa alega ter prejuízo mensal de R$ 50 mil.

 

O vereador Humberto Freire (DEM) afirmou que o contrato da Sertaneja já está vencido há mais de 20 anos e que o caminho é abrir uma nova licitação. “Na nossa cidade nós temos empresários que querem participar, que tem linha de crédito aprovada para comprar ônibus e participar de uma licitação. É um assunto que precisa realmente ser debatido. Que se faça uma licitação e convoque as empresas que querem participar”, declarou.

 

Para o presidente da Câmara de Curvelo, Geraldo Veterinário (PDT), o problema do transporte público será resolvido apenas com uma nova licitação. “Enquanto não for realizado um novo processo licitatório do transporte urbano no município de Curvelo essa situação vai perdurar. Temos que fazer licitação porque é uma obrigação do poder público. É o momento do município repensar e iniciar todo esse procedimento”, afirmou em seu pronunciamento.

 

Viação Sertaneja

Ao longo de 2017, os parlamentares de Curvelo debateram o assunto em plenário e solicitaram informações sobre o aumento de passagens em Curvelo, a concessão de gratuidade no transporte público e irregularidades comitivas pela empresa durante a prestação do serviço em Curvelo.

Compartilhe esta notícia nas suas redes sociais!
error: Atenção! Os textos, fotos, artes e vídeos do Mais Completo estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em quaisquer outros veículos de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. Sinta-se a vontade para compartilhar nossos conteúdos em suas redes sociais!